Tipografia + Ilustração

Integrar a tipografia e a ilustração em projetos é um dos objetivos do quarto período do curso de Design Gráfico da Univali.

Neste semestre foi proposto aos alunos criar letterings com temática livre, usando o lápis de cor como técnica de ilustração.

Veja alguns resultados

Lettering Insetos - Criado por Deivid Hodecker

Lettering Giger - criado por Thiago Luis Boller Grzybowski

Lettering Moulin Rouge – Criado por Tainá Ribovski

Lettering Art A2 - Criado por Fernando Cardoso

 

Em breve os projetos de Tipografia Vernacular desenvolvidos pelos alunos neste semestre!
Anúncios

Segundo aniversário do NossoTipo

Envie este cartão e ajude a divulgar o projeto.

Dia 28 de setembro o projeto NossoTipo comemorou 2 anos de existência.

Saudade da Rafaela, do Márcio, da Larissa, Jéssica, Maritza, Bruna, André, Kenya, Rafael, Felipe e outros que já participaram do projeto e contribuiram, muito, para que esses 2 anos tivessem bons resultados.

E agora, o que vem pela frente? Novas fontes vernaculares saindo do forno, as fotos da visita ao Cléber Teixeira (se tudo der certo até um documentário), entrevista com alguns grafiteiros de BC e o que mais? Enviem sugestões.

Para saber mais, ou participar do projeto de alguma forma envie um e-mail para nossotipo@gmail.com

1 ano foi pouco, 2 anos é bom, mas 3, 4, 5, 6… vai ser demais : )

Veja como foi o curso de Caligrafia com Andréa Branco em Floripa

No dia 08 de Abril a Univali – Unidade Ilha recebeu Andréa Branco e Henrique Nardi para a realização do curso Tipocracia + Caligrafia. Para quem não conhece, o Tipocracia é um projeto de Henrique Nardi que está a seis anos correndo o país para disseminar a cultura tipográfica através de cursos e palestras. A feliz parceria com a calígrafa profissional Andréa Branco resultou neste curso que oferece uma introdução ao universo das letras, tanto em seu contexto histórico quanto prático.

A ex-aluna de Design Gráfico, Kenya Foschiera, participou do curso e nos contou como foi.

Foto: Henrique Nardi

A turma, composta por estudantes de design, profissionais já formados e também professores, recebeu no primeiro dia do curso informações sobre o contexto histórico da escrita, desde os primórdios, a questão de grafar os elementos, a percepção do ser humano.

Foto: Henrique Nardi

Foto: Henrique Nardi

Segundo Kenya, o ponto crucial da primeira parte foi a abordagem do monumento que apresenta a máxima legibilidade produzida pelo ser humano, a Coluna de Trajano.

O primeiro exercício foi feito com lápis grafite, o famoso grafitão, iniciando com linhas e circulos, seguindo para a construção das letras na escrita romana.

No segundo módulo Andréa seguiu falando sobre a relação da caligrafia com outras artes, tais como: música, escultura, desenho e pintura.

O desenvolvimento da escrita ocidental também foi abordado a partir do quadro de David Harris, assim como a anatomia das letras e a classificação dos tipos, seguindo a ordem cronológica da história.

Foto: Henrique Nardi

Foto: Henrique Nardi

No segundo exercício o grafite foi substituído pela pena e tinta nanquin. Kenya destaca que a partir deste exercício o pessoal começou a se soltar, a criar serifas, seguindo o curso natural da mão.

Como o curso é voltado para designers, a Andréa ressaltou a questão da percepção das letras, de como elas são construídas, complementando com os exercícios  realizados durante o curso. Falou também sobre fonte tipográfica, lettering, ambigramas.

No último exercício os recursos usados foram a aquarela e a madeira  em ponta quadrada.

Foto: Henrique Nardi

Foto: Henrique Nardi

No final, Andréa abriu seu estojo com vários pincéis, canetas,  um paraíso! Foi uma demonstração do talento maravilhoso que ela possui!

“E em poucas palavras, o curso é excelente para quem  não só tem interesse em conhecer a caligrafia, mas principalmente para os que têm como foco profissional aprofundar-se no mundo das letras. Ao mesmo tempo que você tem uma base histórica rica em conteúdo, é muito bacana ter o contato com diferentes materiais e suportes, poder experimentá-los.”

O curso reforça a relação entre Tipografia e Caligrafia pois é possível compreender melhor os fundamentos da tipografia a partir da visão caligráfica. Um complementa o outro.

A equipe NossoTipo agradece a colaboração de Kenya e Henrique com informações e imagens para esse post e espera em breve uma nova edição.

Tipografia e Solidariedade

Diante de uma catástrofe como a que está acontecendo no Rio de Janeiro sempre vem a pergunta: Como eu posso ajudar?

O typedesigner Daniel Justi encontrou uma forma criativa de fazer a sua parte, oferecendo ótimas fontes de sua autoria em troca de doações para quem precisa. O processo é simples, você faz a doaçao através das contas oficicias e depois encaminha o comprovante pra ele.

Ricardo Esteves, também typedesigner, gostou da iniciativa e está oferecendo as suas fontes da mesma forma.

Não perca essa oportunidade de ajudar quem precisa e ainda adquirir fontes de ótima qualidade. Aproveite também pra pensar como seu trabalho poderia ajudar em situações como essas.

Veja mais informações nesses links
http://logobr.wordpress.com/2011/01/17/tipografia-para-vitimas-das-chuvas-no-rj/
http://www.flickr.com/photos/_justi/5363680284/
http://www.flickr.com/photos/outrasfontes/5363942768/

Tipografia em jogo

Para amantes do design e tipografia sugerimos sete jogos interessantes e divertidos para você testar o seu “repertório tipográfico”.

Um dos mais conhecidos é o The Font Game, criado pelo blog I Love Typography, que possui versões tanto para iPhone quanto para computadores. É um jogo onde você tem que decorar diferentes fontes, identificando qual é a fonte usado em um menu com 4 opções diferentes.
www.ilovetypography.com/fontgame>

Font Game

Font Game

 

Outra opção é Typewar que se parece com The Font Game em suas regras, mas se acaso você se cadastrar poderá ter adicionais.
http://typewar.com/

Typewar

Typewar

O Deep Font Challenge foi criado pela agência londrina Deep, e ele é diferente dos jogos citados, pois mostra o nome da fonte e você tem que “atirar” na letra correta.
www.deep.co.uk/games/font_game/

Deep Font Challenge

Deep Font Challenge

O jogo Cheese or Font é para aqueles que não conseguem identificar diferenças nas fontes, então você pode identificar pelo nome, dizendo se é de uma fonte ou de um queijo. E o jogo tem duas versões ainda uma versão para Iphone e para computador.
cheeseorfont.mogrify.org

Cheese or Font

Cheese or Font

No Thinking With Type você precisa identificar os falsos itálicos.
www.papress.com/thinkingwithtype/resources/crimes_italics.htm

Thinking With Type

Thinking With Type

O Typeface Memory Game foi criado pelo estúdio brasileiro Ps2. Para jogar é necessário memorizar 25 modificações da letra “A”, como em tipos das fontes Garamond, Baskerville, Centaur, Akzidenz Grotesk, Helvetica Rockwell, Times New Roman e Univers entre outras.
www.bispublishers.nl/bookpage.php?id=142

Typeface Memory Game

E por ultimo o jogo tipográfico Super Trunfo: Type Trumps e o Type Trumps 2. No lugar de carros e aviões, estão fontes famosas e conhecidas como Frankfurter, Times, Helvetica, Johnston Underground e Avant Garde.
www.face37.com

Type Trumps

Type Trumps

Experimente e conte pra nós o que você achou. Conhece outros jogos? Compartilhe com a gente.

Pesquisa: Larissa Ferreira